Entidades de direitos humanos participam de encontro com delegados da polícia civil de Pernambuco

Entidades de direitos humanos participam de encontro com delegados da polícia civil de Pernambuco

Na tarde desta sexta-feira (25), aconteceu, no auditório da sede da Adeppe (Associação dos Delegados de Polícia do Estado de Pernambuco), um encontro com entidades ligadas aos direitos humanos para um debate sobre a PL 430/2015.

Com o tema “A usurpação de funções pela polícia militar e os riscos para a sociedade”, o presidente da Adeppe, Francisco Rodrigues, a vice, Sylvana Lellis, e o delegado Ramon Teixeira, explanaram a situação para as entidades presentes, recebendo o apoio de movimentos expressivos.

José de Oliveira, ex-coordenador e membro do Conselho Político do MNU (Movimento Negro Unificado), declarou o apoio da entidade a polícia judiciária de Pernambuco.

“Após ouvir os delegados e verificar que as suas demandas estão todas baseadas em leis, não tem o que discutir. A polícia civil é que tem que investigar os crimes”, disse José de Oliveira.

A coordenadora nacional do Movimento Mães Pela Igualdade, Eleonora Pereira, esteve presente e disse ser solidária a causa. “Se for por uma causa que garanta qualidade de vida para nossos filhos, nós aponhamos. Mas vou passar isso para as outras mães que fazem parte no Movimento”, declarou Eleonora.

O presidente da Adeppe comentou a importância de encontros com este. “A sociedade tem que fazer parte dessas discussões. Estamos aqui apresentando algo relevante para população. Não podemos deixar que eles não participem junto conosco”, falou Francisco.

02

03