Com união da classe, novo presidente da ADEPPE elege-se com 64% dos votos criticando o pior salário do Brasil

Com união da classe, novo presidente da ADEPPE elege-se com 64% dos votos criticando o pior salário do Brasil

A Associação de Delegados de Polícia de Pernambuco, a Adeppe, empossa no próximo dia 21 de abril o novo presidente. A Chapa 1 (Adeppe Presente),encabeçada pelo delegado Francisco Rodrigues, saiu vencedora da eleição, que contou com o voto de 435 associados.

A nova direção divulgou que assume o comando com o desafio de brigar pela valorização profissional dos delegados de Polícia Civil do Estado.

“Os delegados hoje recebem o pior salário da  categoria no país. Outra reivindicação é pela melhoria das condições de trabalho”.

“O Estado está na contra-mão da correta política de segurança, reduzindo investimentos, causando insatisfação nos servidores, praticando assédio moral e exigindo trabalho fora do horário sem o pagamento de horas extras. A Polícia Civil precisa retomar as rédeas da segurança, garantir os direitos básicos dos servidores, resgatar a autoestima e esse é o nosso foco”, afirmou o presidente eleito.

Formado em Direito pela Universidade Católica de Pernambuco em 1996, Francisco Rodrigues integra a Polícia Civil do Estado há 16 anos.  Ele já passou por várias delegacias no Sertão, Agreste, Zona da Mata e na capital, onde atuou nas Delegacias Especializadas de Combate aos Roubos e Furtos de Veículos, Estelionato, Narcotráfico e desde 2008, comandava a Delegacia de Combate aos Crimes Contra a Ordem Tributária.

Fonte: http://blogs.ne10.uol.com.br/jamildo/2015/03/30/novo-presidente-da-associacao-dos-delegados-elege-se-com-64-dos-votos-criticando-o-pior-salario-do-brasil/