Adeppe vai participar de Audiência Pública sobre a “Perseguição Institucional aos Policiais Civis”

Adeppe vai participar de Audiência Pública sobre a “Perseguição Institucional aos Policiais Civis”
Captura de Tela 2015-08-26 às 18.56.03
A Comissão de Cidadania, Direitos Humanos e Participação Popular vai realizar uma Audiência Pública, nesta quinta-feira (27), às 14h, na Assembleia Legislativa de Pernambuco, com o intuito de debater a problemática que vem passando a segurança pública no Estado.
Com iniciativa do Deputado Edílson Silva, o foco da Audiência será a “Perseguição Institucional aos Policiais Civis”. O encontro acontece em meio ao caos que a polícia civil de Pernambuco está passando e contará com o presidente da Adeppe (Associação dos Delegados de Polícia do Estado de Pernambuco), Francisco Rodrigues, que ressaltará os principais problemas enfrentados hoje pela categoria.
 “Esses espaços são importantes, principalmente para revelar à população as mazelas da polícia civil, que são muitas e derivadas da desorganização do Governo do Estado”. O presidente da Adeppe antecipou alguns dos problemas que a categoria vem sofrendo.
“A polícia civil está abandonada. Falta estrutura mínima de trabalho, carência de prédios e viaturas adequadas, policias insatisfeitos, investimentos mal aplicados, são alguns exemplos do que está errado na polícia”, disse Francisco.
Os números mostram que existe um aumento considerável da violência em Pernambuco. A população está assustada com a criminalidade e o número de homicídios cresce e por falta de estrutura e efetivo policial esses delitos não estão sendo investigados.  O presidente da Adeppe ainda comentou que “o Governador nada mais é que um síndico do Estado e nós, cidadãos, somos os condôminos. Precisamos exigir desse síndico transparência no trato da coisa pública.