A Adeppe formalizou denúncia contra arbitrariedades da Chefia de Polícia de Pernambuco

A Adeppe formalizou denúncia contra arbitrariedades da Chefia de Polícia de Pernambuco

A Adeppe, através do presidente Francisco Rodrigues, formalizou denúncia sobre as arbitrariedades que a Chefia de Polícia de Pernambuco comete contra os delegados. Muitos estão sendo escalados por atos ilegais, assédio moral e privados de seu descanso semanal. A Corregedoria de Polícia também está sendo utilizada como instrumento de intimidação. A Adepol (Associação dos Delegados de Polícia do Brasil) e a Fendepol (Federação Nacional dos Delegados de Polícia Civil) receberam a denúncia e tomarão as devidas providências junto aos órgãos de controle.